Empregadores poderão recolher FGTS com ferramenta de pagamento instantâneo

 


Começou a valer nessa segunda (16) para todo o Brasil o Pix, sistema de pagamentos e transferências instantâneo criado pelo Banco Central. Além dessas funções, outra novidade é que empregadores poderão recolher o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) por meio do Pix. A previsão é de que essa facilidade esteja em operação a partir de janeiro de 2021, com o lançamento do FGTS Digital. 


Segundo o Banco Central, a integração do recolhimento do FGTS ao Pix trará benefícios ao Fundo, que pode ganhar em agilidade no recebimento dos recursos, maior facilidade de conciliação e no número de instituições aptas a receber esses recolhimentos. 


Havendo um número maior de instituições aptas a recolher os recursos, a expectativa é de que haja diminuição das taxas que o FGTS paga pelo serviço de recolhimento. Em resumo, o recolhimento do FGTS com Pix diminuirá custos para o FGTS, que pode ser reverter em mais recursos nas contas dos cotistas, segundo a entidade.  

 

Na outra ponta, a inclusão no Pix também pode beneficiar os empregadores, tornando mais fácil o cumprimento de suas obrigações pelas facilidades ofertadas pelo Pix.

 

Mais informações sobre o Pix você encontra no portal Brasil61.com ou no site do Banco Central, em www.bcb.gov.br.  

Foto: Marcelo Casala Jr/Agência Brasil

Fonte: Brasil 61




Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.