As principais qualidades do CrossFox

 


Se você está pensando em comprar um carro compacto, o Volkswagen CrossFox pode ser uma ótima pedida, afinal, ele reúne excelente custo-benefício, brindando os motoristas brasileiros com um carro de qualidade, econômico e que reúne características singulares.

 

Quer conhecer um pouco mais deste fenômeno de vendas da montadora alemã? Acompanhe neste post alguns detalhes sobre o CrossFox e sobre o mercado automotivo brasileiro!

 

Histórico e fabricação

 

O Volkswagen Fox era originalmente um carro de turismo com carrocerias de sedan de duas e quatro portas, bem como um carro rural de duas portas baseado no Volkswagen Gol/Voyage para o mercado americano entre 1987-1999. Tinha um motor dianteiro longitudinal com tração dianteira.

 

Posteriormente chegaria um novo veículo que usaria este nome mas desta vez em vez de ser um sedã passa a ser um segmento urbano B produzido pela subsidiária da fabricante alemã Volkswagen no Brasil e na Argentina  também exportado para o México, América Central e do Sul e Europa (apenas versão 3 portas, de 4 lugares): tratava-se do Volkswagen Fox, que foi o pai do aventureiro CrossFox.

 

Criado para pessoas que aceitam desafios, que procuram um automóvel que mostre a sua personalidade. O CrossFox consegue combinar a manobrabilidade e flexibilidade de um veículo compacto com a estética de um SUV, com adaptações que permitem a sua condução em estradas exigentes.

 

O veículo Fox foi desenvolvido inteiramente no Brasil e é produzido em duas fábricas (São José dos Pinhais para o mercado sul-americano e São Bernardo do Campo para exportação para a Europa). A particularidade do CrossFox destinado ao Brasil é o motor 1.6 "Flexfuel", desenvolvido com a Bosch: pode ser abastecido indiferentemente com gasolina ou álcool e tem uma potência em torno de 100 HP.

 

O carro foi o sucessor do VW Lupo na Europa e foi apresentado pela primeira vez na Alemanha na Auto Mobil International, no ano de 2005. No Brasil, já está disponível um modelo revisado, o Novo Fox, que tem como base o visual do VW Golf. Um modelo sucessor foi desenvolvido pela VW como o estudo New Small Family, que é conhecido como o VW up! e substituiu o Fox em dezembro de 2011.

 

Mercado automotivo brasileiro e o CrossFox

 

O mercado de automóveis no Brasil é fundamentalmente diferente dos mercados da Europa. Na América do Sul, carros pequenos, modelos compactos e pequenas picapes SUV dominam o setor de vendas de veículos. No primeiro trimestre de 2020, o mercado brasileiro (automóveis de passageiros e comerciais leves/picapes) cresceu 4,25%. E exatamente 847.798 dessas unidades vendidas eram automóveis de passageiros e 143.677 veículos comerciais.

 

A GM é líder de mercado com uma participação de mercado de 17,7%. Seguem-se a Fiat com uma quota de mercado de 13,6% e a VW com 12,6%. A Ford tem 9,4%, Hyundai 9,4%, Toyota 8,9% e Renault 7,4%. E a lista é seguida por veículos das montadoras Honda (6,6%), Jeep (4,0%) e Nissan (3,4%).

 

Como forma de beliscar o mercado brasileiro de SUVs, mesmo que de forma exploratória, a VW projetou o modelo Cross Fox para ser um veículo de entrada, de modo a apresentar ao mercado um modelo ressignificado, sendo uma variante ligeiramente off-road com maior distância do solo e um "visual off-road sutil". O CrossFox é alto sobre rodas grandes de 15 polegadas e finge ser um pequeno veículo off-road.

 

Características e design do modelo CrossFox

 

O CrossFox reúne recursos importantes em seu design que reforçam sua robustez e esportividade. O design lateral com estribos, luz de viragem integrada nos espelhos retrovisores e o nome do modelo nas portas aumentam ainda mais seu dinamismo. A roda sobresselente montada na porta traseira e as barras de tejadilho longitudinais confirmam ainda mais o distinto design SUV do CrossFox.

 

Por dentro, destacam-se materiais de qualidade e detalhes exclusivos do modelo. O painel de instrumentos de quatro agulhas combina harmoniosamente com o console central estendido, que incorpora controles de controle de temperatura com inserções cromadas. A pedaleira de alumínio e a alavanca das mudanças com o nome do modelo conferem mais desportividade. Os painéis das portas incorporam estofamento e tornam o interior redesenhado do CrossFox ainda mais envolvente.

 

Versões CrossFox disponibilizadas pela Volkswagen Brasil

 

O CrossFox tem três níveis de acabamento, sendo o inicial o Comfortline, uma versão que incorpora itens importantes de conforto como ar condicionado, direção hidráulica, banco do motorista com altura ajustável, volante multifuncional com altura e profundidade ajustável, computador de bordo, travamento central e faróis de nevoeiro, entre outros.

 

A versão intermediária é a Trendline, para a qual, além de todas as citadas, eleva vidros e retrovisores externos com controle elétrico, airbag para motorista e passageiro dianteiro, rodas de liga leve de 15 polegadas e computador de bordo interativo I-System.

 

A versão com mais conteúdo é a Highline, que incorpora itens importantes de conforto e segurança, ABS, teto solar elétrico, volante revestido em couro e função de inclinação (ao inverter o retrovisor direito abaixa automaticamente para poder ver a distância até o meio-fio).

 

Desempenho e motorização do VM CrossFox

 

O CrossFox é um pequenino com desejo de gigante. Está equipado com um motor 1.6 L 101 cv, que oferece uma excelente relação entre potência, torque e consumo. A elasticidade e a resposta de seu motor em baixas rotações demonstram todo o potencial do modelo, que, combinado com a caixa de câmbio MQ 200 de 5 marchas, proporciona agilidade e consumo dominado – algo que agrada muito ao motorista brasileiro.

 

De forma geral, CrossFox vem equipado com pneus mistos para um manuseio em estrada agradável e excelentes habilidades off-road. Ele também incorpora embreagem hidráulica e acelerador eletrônico que fornecem um passeio suave e conforto de manuseio incomparáveis, algo bem característico aos veículos com a qualidade da Volkswagen, montadora que tem grande credibilidade por vender automóveis de qualidade no país. Na entrega, o CrossFox também agrada e pode ser um excelente veículo de entrada para quem começou a dirigir ou deseja qualidade e eficiência, a um custo inicial: ele chega a atingir uma velocidade máxima de 173 km/h e acelera de 0 a 100 km/h em 11,3 segundos. Incrível, não é mesmo?!

 

Gostou destas informações sobre o Volkswagen CrossFox? Aproveite e compartilhe este post em suas redes sociais!

Imagem: Pixabay


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.