Orçamento de guerra e ampliação do auxílio podem ser votados nesta segunda pelo Congresso


A Câmara pode analisar hoje um projeto que estende o auxílio emergencial de R$ 600 pago pelo governo para trabalhadores informais que já foi aprovado pelo Senado Federal. Podem ser beneficiadas outras categorias como taxistas e motoristas de aplicativos.

A proposta também dobra o valor a ser pago para homens solteiros que sejam chefes de família. Mulheres solteiras nesta condição já tem direito ao benefício. Entretanto, a ampliação não é consenso diante dos impactos econômicos da medida para aos cofres públicos.

Segundo o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, os impactos podem ser na ordem de R$ 114 bilhões.

“Eu tenho uma demanda por parte dos senadores que foi vocalizada essa semana pelo presidente Davi, cobrando que a Câmara vote projetos do Senado. Eu não posso deixar de compreender que o presidente da Câmara e os senadores estão certos. Os projetos da Câmara são votados e os do Senado também.”

O plenário também deve votar o projeto do Contrato Verde e amarelo que incentiva a contratação de pessoas de 18 a 29 anos. Já o Senado vai analisar a proposta da emenda constitucional conhecida como orçamento de guerra que cria uma verba específica para o combate ao coronavírus.

Aprovado sem muita dificuldade pela Câmara, o texto deve sofrer mais resistência no Senado. Alguns parlamentares afirmam que pontos precisam ser alterados e outros questionam até mesmo a necessidade de uma PEC para o enfrentamento ao coronavírus.

Jovem Pan

Nenhum comentário:

PUBLICIDADE

Heyy, aproveite agora nosso OUTLET 🔥
Tecnologia do Blogger.