Comércio de Mossoró vai continuar fechado por mais dez dias


A prefeita Rosalba Ciarlini (PP) prorrogou por mais dez dias as medidas restritivas para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus, que atinge vários segmentos do comércio e serviços de Mossoró. As medidas terão validade até o dia 23 de abril. A decisão levou em conta a evolução dos casos de Covid-19 na cidade, que lidera o número de mortes no Rio Grande do Norte, com seis óbitos confirmados até esta segunda-feira, 13.

A renovação do decreto contraria os dirigentes de entidades lojistas, que defendem a flexibilização de vários setores. O presidente do Sindicato do Comércio Varejista, Michelson Frota, sugeriu a reabertura do comércio nesta terça-feira, 14, com horário reduzido. A reabertura aplicaria aos estabelecimentos com ventilação natural e com uma série de cuidados para evitar aglomeração e riscos de propagação do vírus.

A proposta chegou a ser discutida com a prefeita e membros do Comitê da Crise, mas não foi acatada. O comitê apresentou números do Covid-19 na cidade que ainda são muito preocupantes e, por gravidade, exige que o isolamento social seja mantido. Rosalba voltou a afirmar que o momento é de sacrifício de todos para preservar a vida.

Com a prorrogação da quarentena, continuam fechados até por mais dez dias as lojas comerciais, bares, restaurantes, shoppings, clubes sociais, templos religiosos, entre outras áreas que sugerem aglomeração. Esses segmentos estão fechados há mais de três semanas.

Alguns setores foram beneficiados por flexibilização como as lojas de autopeças, oficinas e borracharia. Também podem funcionar, com algumas limitações, setores essenciais como supermercados, padarias, drogarias e agências bancárias.

Blog do César Santos 
Foto: Reprodução

Nenhum comentário:

PUBLICIDADE

Heyy, aproveite agora nosso OUTLET 🔥
Tecnologia do Blogger.