Publicidade topo

Alysson Bezerra usou verbas de gabinete para pagar contas em restaurantes


Da redação 

Em seu primeiro mês de mandato, o deputado estadual Alysson Bezerra( Solidariedade) recebeu além dos R$ 23.000 de seu salário, ressarcimento  de contas em  restaurantes no   valor de R$ 1.021,00 segundo o Portal da Transparência da Assembleia Legislativa do RN. 

Com isso recebeu o reembolso benefício da verba indenizatória, que tanto criticou antes de tomar posse. O ressarcimento de verba pública para gastos em restaurantes é discutível,  pois (quase sempre) é utilizado como um artifício para aumento do salário. 

Ao usar as notas para ressarcimento, basta constar ser de um restaurante a nota, que automaticamente o dinheiro é ressarcido, não precisando o parlamentar explicar se realizava algum evento ou apenas estava utilizando o benefício para não gastar do seu próprio salário, um jeitinho para aumentar ainda mais o seu salário. 

Por suas redes sociais, o deputado de vez em quando aparentemente  faz referência aos seus hábitos alimentares. No último fim de semana postou fotos com camarões, emulando a alegria do novo político ao desfrutar destas iguarias.

O jovem deputado que até então havia gerado polêmica por ainda hoje negar que votou favoravelmente à criação do 13º salário para deputados estaduais, embora tenha sido comprovada a sua presença no plenário e voto a favor, parece não ter discernimento do que é legal juridicamente mas condenável perante a opinião pública, com discurso agressivo contra as famílias e pessoas e não contra as práticas políticas que têm adotado e usufruído desde a posse. 

Allysson Bezerra tem causado desconforto até na própria família ao lançar seu primo Leonardo Martins (SDD) a vereador enquanto seu Tio Manoel Bezerra tem buscado sua viabilidade  jurídica para mais uma reeleição ou desejava indicar o sucessor caso não sane algumas pendências no âmbito eleitoral a tempo. Allysson açodadamente, também parte  para lançar  o primo a vereador e pode ter mais problemas até mesmo na família à frente. Pelo visto a imaturidade tem feito o neófito deputado cometer alguns erros primários, dentre os quais está a agressividade no discurso.

Os gastos, conforme o Portal da Transparência da Assembleia Legislativa foram assim distribuídos: 

Capucci Restaurante LTDA - ME - R$ 751,28 
Churrascaria e Restaurante Guaíba LTDA -ME - R$ 120,00 
Churrascaria Guaíba LTDA - ME - R$ 43,00 
Churrascaria Guaíba - R$ 107,00 

O deputado Alysson Bezerra, que gastou e recebeu 21.401,00 de restituição mensal em fevereiro ( quando o parlamentar paga, apresenta a nota fiscal do gasto e recebe o dinheiro de volta). Antes  da posse, ele  se dizia contra a verba indenizatória. 

É mais  uma contradição do discurso da “nova política” pregado pelo deputado para criticar adversários. Gastar mais de que um salário de um trabalhador que recebe salário mínimo logo no 1º mês de mandato, bem como o voto a favor de um décimo-terceiro para deputados enquanto os mais de 100.000 servidores estaduais estão com 4 meses de salários atrasados é, no mínimo, duvidoso. Resta saber contra quem o deputado irá vociferar contra após o óbvio aparecer, alguém da imprensa livre checar o Portal da Transparência da Alern.

Foto: Reprodução

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.