Publicidade topo


Governo Maduro corta sinal de TV alemã que opera em língua espanhola na Venezuela


A TV estatal alemã Deutsche Welle informou neste domingo que a autoridade de transmissões da Venezuela bloqueou seu canal em língua espanhola de todas as operadoras de televisão a cabo no país.

“Por instruções da Conatel, operadoras de televisão a cabo retiraram do ar o sinal da @dw_espanol, um meio de comunicação internacional que tem dedicado múltiplos espaços a informações que mostram a crise, que é de todas as naturezas, na Venezuela”, alertou o Sindicato Nacional de Trabalhadores da Imprensa da Venezuela (SNTP) no Twitter.

A Alemanha está entre os mais de 50 países que reconheceram o presidente da Assembleia Nacional, Juan Guaidó, como presidente interino da Venezuela desde janeiro passado.

O gerente geral da Deutsche Welle Peter Limbourg pediu que a agência reguladora venezuelana Conatel “retome urgentemente a distribuição do sinal da DW”. Limbourg afirmou que a emissora continuará transmitindo os programas, em especial os que debatem a situação na Venezuela, nas redes sociais e no canal do Youtube da Deutsche Welle.

— Com certeza, continuaremos fazendo todo o possível para informar nossa audiência na Venezuela — disse.

O Ministério da Informação da Venezuela não comentou o assunto.

Jornalistas venezuelanos e estrangeiros denunciaram o assédio ou detenções. Em fevereiro, os canais NatGeo e Antena 3 foram retirados do ar na Venezuela no momento em que exibiam o show na cidade colombiana de Cúcuta, um evento promovido por Guaidó para promover a entrada, frustrada, de ajuda humanitária internacional no país.

*Via O GLOBO / Foto: Reprodução

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.