Publicidade topo

Encontrado corpo de bebê de mulher que chegou morta a maternidade da Grande Natal


O corpo do bebê de uma mulher que chegou morta a um hospital na Grande Natal, na segunda-feira (7), foi encontrado na madrugada desta terça (8) dentro de uma mala na casa dela. A mulher de 32 anos deu entrada na Maternidade Divino Amor, em Parnamirim, já sem vida. Apesar de sinais de que tinha dado a luz, como a presença da placenta, ninguém soube explicar onde estava o bebê.

O natimorto foi encontrado por familiares na madrugada desta terça-feira (8) na casa dela em Macaíba. O corpo dele foi recolhido pelo Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) durante a manhã.

As investigações que foram iniciadas pela 1ª Delegacia de Parnamirim serão transferidas para a delegacia do município vizinho, chefiada pelo delegado Normando Feitosa.

Maria Idelma Mota da Silva chegou à Maternidade Divino Amor, em Parnamirim, na Grande Natal, nesta segunda-feira (7) já com parada cardíaca. Os médicos ainda fizeram procedimentos para tentar reanimá-la, mas o óbito foi confirmado às 12h07 . Na unidade, os médicos descobriram que ela havia dado à luz pouco antes de chegar à unidade. Porém ninguém soube explicar onde estaria o bebê.

Com o corpo da mulher, estava a placenta, que indicava que um parto foi feito antes de ela chegar à maternidade. A placenta pesou 780 gramas, o que, segundo os profissionais, aponta que a gravidez estava perto do fim e que não se tratou de um aborto. É considerada aborto a morte do feto de até 5 meses.

A polícia ainda investiga o caso para saber a causa das mortes e porque o bebê não foi levado ao hospital.

*Via G1-RN / Foto: Acson Freitas/Inter TV Cabugi

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.