Publicidade topo


Complexo Cultural da Rampa será entregue ainda este ano


A governadora Fátima Bezerra visitou na tarde desta quarta-feira (23) as obras do Complexo Cultural da Rampa. Com este equipamento concluído, o Rio Grande do Norte ganhará um novo atrativo para seus moradores e para milhares de turistas que visitam a Capital Potiguar diariamente. A obra está orçada em R$ 7,6 milhões, com repasses feitos pelo Ministério do Turismo ao governo do RN e contrapartida do estado de aproximadamente R$ 1 milhão.

A obra está 70% finalizada restando a conclusão de acabamentos, climatização, mobiliário, bem como a construção de um deck e píer, onde será possível tomar um café ou um drink contemplando do pôr do sol do rio Potengi, considerado um dos mais belos do Brasil.


“Este equipamento tem uma importância muito grande para o desenvolvimento do turismo, por seu valor histórico, cultural e de beleza natural. Significa o resgate da nossa história, quando destaca o nosso protagonismo durante a Segunda Guerra Mundial. Se Deus quiser, ainda em 2019, vamos entregar esta obra aos natalenses, ao Rio Grande do Norte e aos turistas que virão”, afirmou a governadora Fátima Bezerra.

O local histórico, antes abandonado, foi restaurando, ganhou novos espaços e fará parte do novo roteiro turístico do RN, projeto que será desenvolvido pelo Governo do RN em parceria com o Sebrae, movimentando o turismo e possibilitando o desenvolvimento dos entornos, como o bairro de Santos Reis, gerando emprego, renda e crescimento da economia.

O Complexo da Rampa contempla desde paisagismo, concepção visual e acústica, até questões relacionadas ao patrimônio histórico, museologia como a restauração da base de hidroaviões de Natal. Será um diferencial que vai atrair tanto natalenses e como turistas brasileiros e estrangeiros ao Rio Grande do Norte e somando-se à Base Aérea, dentre outros pontos históricos.

O espaço conta com um museu e o memorial do aviador, com área para exposições temporárias e permanentes. O espaço em homenagem aos aviadores que passaram por Natal terá ainda auditório para 126 pessoas, café, restaurante, estacionamento para 85 carros e lojas de souvenir.

O museu da rampa está localizado à margem do rio Potengi, no local onde pousavam os hidroaviões que cruzavam o Atlântico e pousavam na capital potiguar na Segunda Guerra, quando a Capital Potiguar sediou a maior base aérea americana fora dos Estados Unidos. Na época, quase 20% da população natalense era composta por militares americanos que influenciaram a cultura e costumes locais.


Secom-RN

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.