Publicidade topo

Final de semana começa com 4 pessoas mortas a tiros em Mossoró; entre as vítimas, uma mulher grávida de 8 meses

O final de semana em Mossoró começou sangrento. Um total de 4 (quatro) pessoas foram mortas a tiros na noite desta sexta-feira (27), entre elas uma grávida de 8 meses. Os fatos aconteceram na Vila Maísa e nos bairros Belo Horizonte e Alto da Conceição.

Vila Maísa 


O primeiro crime de homicídio aconteceu na região da Vila Maísa, onde o jovem Iego Rafael Souza de Medeiros, 21 anos de idade, foi assassinado a tiros no início da noite.

O corpo de Iego foi encontrado em uma estrada carroçável próximo ao assentamento dos sem teto, naquela localidade.

A Polícia não tem informações sobre a motivação do crime, mas suspeita que se tratou de acerto contas, já que a vítima era usuário de drogas.

Belo Horizonte 


O segundo crime de homicídio aconteceu no cruzamento da ruas Marinho Dantas com João Damásio, no Bairro Belo Horizonte, onde o ex-presidiário Naim Hilquias Gomes Oliveira, o ‘Gato do Mato’, 21 anos de idade, foi morto por volta das 22h, com vários disparos de armas de fogo.

Segundo informações repassadas a polícia no local, Naim Hilquias era morador da Favela do Fio, região do Abolição IV, mas havia se mudado há poucos dias para o Bairro Aeroporto.

Não há informações sobre a motivação do crime, bem como a identidade dos executores.

Alto da Conceição


O bairro Alto da Conceição um duplo homicídio foi registrado e uma pessoa ficou baleada. A tragédia aconteceu na Rua Tiradentes, em frente a praça da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, onde duas irmãs, identificadas como Sheylla Mendonça Bezerra, de 19 anos (grávida de 8 meses), e Samira Mendonça Bezerra, de 23 anos, foram assassinadas a tiros dentro do apartamento onde moravam com a mãe, Sônia Maria de Mendonça, que ficou baleada com um tiro de raspão na cabeça.

De acordo com informações repassadas a polícia, o principal suspeito do crime é o pai da criança que estava na barriga de Sheylla, que teria entrado no apartamento, em companhia de outro homem e matado a mãe de seu filho, a ex-cunhada e baleado a ex-sogra.

Ainda no local do ocorrido, os médicos e a equipe de socorristas do Samu, com auxilio da Polícia Militar, realizaram uma cesariana e conseguiram retirar o bebê ainda com vida da barriga de Sheylla. Socorrido para a Maternidade Almeida Castro, mas infelizmente o bebê não resistiu e também veio a óbito.


A senhora Sônia Maria de Mendonça foi socorrida para o Hospital Regional Tarcísio Maia e não corre risco de morte.

A polícia trabalha com a suspeita de crime passional, mas ainda não há confirmação oficial sobre a real motivação do duplo homicídio.

*Com informações e fotos do Fim da Linha
Tecnologia do Blogger.