Publicidade topo

Capitão Styvenson surpreende em pesquisa e deve decidir nesta terça se disputa eleição

Erinaldo Silva/REDE NEWS 360

Mesmo sem partido o Capitão Styvenson Valentim atraiu todas as atenções do cenário político do Rio Grande do Norte no dia de ontem, domingo (01), ao aparecer tecnicamente empatado com Garibaldi Alves Filho (MDB) e Zenaide Meia (PHS) na mais recente pesquisa Cunsult, divulgada pelo Blog do BG e pela 98 FM, que atualizou os números em relação as intenções de voto para o Senado Federal.

Quando sondada a preferência dos eleitores potiguares no tocante ao 1º dos dois votos para o Senado, o Capitão Styvenson marcou impressionantes 11,24%, onde o atual senador e pré-candidato a reeleição, Garibaldi Alves Filho marcou 14,12% e a deputada federal Zenaide Maia, agora pré-candidata ao Senado, marcou 12,88%.

Outros nomes pontuaram da seguinte forma:

Geraldo Melo (PSDB) 5,94%; José Agripino (DEM) – que não disputará a reeleição – 4,35%; Magnólia Figueiredo (Solidariedade) 2,12%; e Antônio Jácome (PODE) – recém apresentado como pré-candidato ao Senado – 1,29%.

A pesquisa tem margem de erro de 2,3% para mais ou para menos e relevou que quase 70% do eleitorado potiguar ainda não tem candidato a senador.

O potencial de Styvenson

Tendo autorizado recentemente, junto aos institutos de pesquisa, a colocação do seu nome nas sondagens para o Senado, o Capitão Styvenson mostrou um potencial até então inimaginável para um jovem que nunca disputou uma eleição e que ainda não definiu se entrará ou não para a política no pleito desse ano.

Diante do que foi revelado pela pesquisa Consult, a expectativa é de que se o seu nome for sondado também para governo do estado seu desempenho venha surpreender ainda mais.

Decisão 

Fontes próximas relevaram a esta redação que o Capitão Styvenson deve decidir amanhã, terça-feira (03), se ingressará ou não na política potiguar e, se ingressar, a qual partido se filiará e qual cargo disputará. Por ser militar da ativa, o Capitão Styvenson tem até as convenções partidárias, que nesse ano acontecerão entre 20 de julho e 5 de agosto, para se filiar a um partido político.

Expectativa no G6 

Ao perceberem o impressionante potencial eleitoral do Capitão Styvenson, pelo menos 6 partidos aguardam com muita ansiedade o seu posicionamento. São eles: Solidariedade, PSDC, PSC, PV, PSL e PEN. Ambos formam o chamado G6, no qual atualmente está pré-candidato ao governo do estado pelo Solidariedade o ex-prefeito de Olho D’água do Borges Brenno Queiroga.

Nesta segunda-feira (02) tais partidos estão buscando um consenso para aguardar a decisão do do Capitão Styvenson, que a princípio foi convidado pelo Solidariedade para disputar o Senado numa dobradinha com a ex-atleta olímpica Magnólia Figueiredo. No entanto, diante do notório crescimento do nome de Styvenson no cenário político potiguar, passou a existir uma pressão das demais siglas que formam o G6 para que o capitão seja lançado ao governo, caso ele aceite, preterindo assim o nome de Brenno Queiroga (SD).

O vice de Styvenson

Além de defenderem o Capitão Styvenson para o governo do RN, os demais partidos que formam o G6 com o Solidariedade querem indicar o vice. Neste sentido já está ventilado o nome do do professor Josué Moreira (PSDC), que já disputou por três vezes a prefeitura de Mossoró e está pré-candidato a deputado federal.

Com esse entendimento do Capitão Styvenson disputar o governo, o advogado Dr. Joanilson de Paula Rêgo (PSDC) ou a vereadora de Grossos Clorisa Linhares disputaria o Senado juntamente com Magnólia Figueiredo. Enquanto isso, Brenno Queiroga seria candidato a deputado federal ou estadual, se assim desejasse.

Foto: Reprodução
Tecnologia do Blogger.