Publicidade topo

Capitão Styvenson pode formar chapa com Josué Moreira ao governo

Gilberto de Sousa / Da Redação

Até o prazo final para realização das convenções partidárias que indicarão os nomes dos candidatos que irão concorrer a cargos eletivos este ano, poderá surgir uma chapa majoritária tendo o Capitão Styvenson Valetim ao governo e o professor Josué Moreira candidato a vice-governador. O fato novo começou a circular nas rodas políticas no último fim de semana e vem ganhando corpo nas redes sociais com estímulos positivos.

Sempre lembrado para ingressar na vida pública devido a sua atuação linha dura na Lei Seca, o Capitão Styvenson Valetim decidiu recentemente gravar um vídeo se mostrando disposto a avaliar a possibilidade de entrar na disputa, caso percebesse que as manifestações espontâneas em direção ao seu nome teriam um desejo mais abrangente. Daí autorizou a partidos e empresas a incluir seu nome nas pesquisas eleitorais.

Ele não é filiado a nenhuma sigla, mas pelo fato de ser militar, a lei permite que ele seja filiado até as convenções partidárias, que este ano devem ocorrer no período de 20 de julho a 5 de agosto. Só então quando será necessário afastar-se dos quadros da Polícia Militar e se tornar candidato.

Distante dos grupos e partidos tradicionais, Styvenson teria a disposição o agrupamento partidário conhecido como o G6, que é formado pelo PSL, Solidariedade, PSDC, PSC, PV e PEN. Nesse contexto é que surgiu o nome do professor Josué Moreira (PSDC), como sugestão a vice, caso haja evolução dos entendimentos.

O Professor Josué Moreira já concorreu a Prefeitura de Mossoró por três ocasiões e, apesar de não ter tido sucesso em razão do enfrentamento de grandes estruturas, é um nome que não tem rejeição e tem a simpatia de boa parcela da população mossoroense devido a sua luta e o trabalho como educador.

Seu nome está colocado pelo PSDC como pré-candidato a deputado federal em um bloco partidário que conta com 16 nomes em situação vista como semelhante.

Além de ser considerado bem situado na linha de mudança, ele poderia atrapalhar planos de outros pré-candidatos desse bloco que se encontram igualmente com boa performance em direção ao alcance da meta de ser o mais votado dentro do grupo e se eleger deputado federal. Com isso, defendido dentro do PSDC para ser o candidato a vice, o desejo também irradia para as demais siglas.

No momento, o Solidariedade apresentou o engenheiro Breno Queiroga como pré-candidato a governador, mas Josué tem confessado a amigos, que admite abrir mão da disputa de deputado federal para ser candidato a vice de Styvenson caso venha a se concretizar a formação dessa chapa. Em outro caso, prefere levar adiante o projeto inicial.

Fotos: Reprodução
Tecnologia do Blogger.