Publicidade topo

Professores suspendem greve após garantia da correção do Piso Salarial com retroativo


Após 29 dias, os professores da rede estadual de ensino encerraram a greve iniciada no último dia 22 de março. A medida foi tomada em assembleia realizada na tarde desta quinta-feira, 19. A previsão é que os profissionais retornem as escolas na próxima segunda-feira, 23.

A suspensão do movimento veio após o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Rio Grande do Norte (Sinte/RN) ter a garantia do Governo do Estado do pagamento da correção de 6,81% do Piso Salarial 2018, bem como o retroativo acumulado de janeiro a março.

O Piso, conforme prometido pelo governo, será implementado para os trabalhadores ativos já agora em abril. Os aposentados vão receber em 6 parcelas, de abril a setembro deste ano. O retroativo, tanto para ativos quanto aposentados, será pago de outubro a março de 2019, em 6 parcelas. Tal proposta, que foi a 5ª e última apresentada pelo Executivo, só saiu após muita negociação e o intermédio da Justiça.

A coordenadora geral do SINTE/RN, professora Fátima Cardoso, disse que a proposta do governo para pagar o Piso não é a ideal, contudo, é válida devido a conjuntura de cortes de investimentos: “Sabemos que a proposta que veio não é a melhor. Não é a que esperávamos. Porém, é a que conseguimos arrancar do governo após muita luta, sobretudo em um momento que os governos estão seguindo a cartilha de Temer e cortando investimentos”.

Na manhã desta sexta-feira, 20, os professores da rede estadual em Mossoró realizam assembleia e também devem aderir a suspensão da greve.

DeFato.com
Foto: Reprodução
Tecnologia do Blogger.