Publicidade topo

João Gentil recebeu autorização da Justiça Eleitoral para trocar de partido


O vereador João Gentil está saindo do Partido Verde (PV) para se filiar a outra agremiação partidária. Sem correr o risco de ser alcançado pela Lei da Fidelidade Partidária.

Gentil recebeu a autorização do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN), que julgou procedente a Ação de Justificação de Desfiliação Partidária, com pedido de tutela de urgência.

O relator do processo, juiz André Luiz de Medeiros Pereira, ao acatar a justa causa, escreveu: “Além da plausibilidade do direito, também está caracterizado o periculum in mora, uma vez que o prazo para a nova opção partidária encerra-se no próximo dia 7 de março.”

O prazo a que se refere o relator é para filiação partidária de quem pretende disputar as eleições deste ano.

Em contato com o Blog do César Santos, agora pouco, João Gentil não confirmou pré-candidatura, no entanto, sabe-se que ele pretende disputar uma vaga na Assembleia Legislativa.

“Ainda não tenho uma nova filiação, como posso falar de pré-candidatura”, desconversou, ao revelar que tem convite de pelo menos cinco partidos: PSDB, PTC, PEN, PCdoB e PSD.

O vereador decidirá a sua nova filiação ainda hoje (3). Ele participará de reuniões em Natal para bater o martelo.

João Gentil cumpre o primeiro mandato. Ele foi eleito em 2016, como 12o mais votado, com 1.991 votos (1,48%)

Gentil é o segundo vereador de Mossoró que troca de partido na chamada janela partidária, autorizado pelo TRE-RN. A primeira foi Sandra Rosado, que saiu do PSB para o PSDB, para viabilizar o projeto de candidatura à Câmara dos Deputados.

Blog do César Santos
Foto: Reprodução
Tecnologia do Blogger.